sexta-feira, 24 de junho de 2011

A crise de 29





Contradições do capitalismo


  • A hegemonia econômica dos Estados Unidos e os laços de dependência 
  • O domínio do capitalismo liberal
           - A tradição de Adam Smith e a não interferência do Estado.



  • A necessidade de lucros crescentes e os investimentos no capital constante: desemprego e retratação do mercado
  • A crise da superprodução e a queda da taxa de lucro do capitalista
A crise nos Estados Unidos

  •  Crise de superprodução com a retratação do mercado interno (desemprego) e do mercado externo (recuperação da produção européia)
  • Concentração de capital e investimentos especulativos na Bolsa
  • Continuidade da produção e queda dos preços
  • O "ciclo infernal"
  • Os laços de dependência e a exportação da crise
  • Singularidades: abrangência de todos os setores e classes sociais; caráter mundial; crise de abundância e queda dos preços
  • Solução fora do capitalismo liberal: crescente intervencionismo do Estado e militarização da economia
  • Crise do Estado Liberal e radicalização de posições políticas de esquerda e direita.
O New Deal

  • Ascensão do democrata Roosevelt (1933-1945)  e fim do domínio dos conservadores.
  • Medidas adotadas:
           - Controle financeiro
           - Controle da produção agrícola e industrial
           - Ajuda aos pequenos proprietários 
           - Assistência social e seguros contra desemprego, velhice, doenças e acidentes
           - Aparecimento de um sindicalismo mais combativo
  • Manutenção da estrutura capitalista e da estrutura de classes
  • Oposição dos empresários e o medo do socialismo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário